st.png

Informações Gerais:

Ano de lançamento: 1991
Console: Mega Drive
Fabricante: SEGA
Gênero: Ação
Número de jogadores: 1

A “briga” entre a Nintendo e a SEGA

Quem testemunhou a “briga” entre a Nintendo e SEGA nas décadas de 80 e 90, lembra muito bem o quão legal foi esse época. Foi uma disputa onde o principal ganhador era o jogador, já que as duas empresas sempre “lutavam” para conquistar os gamemaníacos, criando jogos que até hoje são inesquecíveis. Durante o período de 1985 e 1989, a Nintendo reinava praticamente absoluta no mundo dos games, com seu console NES, que realmente dava uma surra no seu concorrente, o Master System. O principal fator que garantia a vitória do console de 8 bits da Nintendo sobre o rival, era a grande quantidade de jogos que este possuía, além do fato de que muitas empresas tinham contratos de exclusivade com a Nintendo, ou seja, havia muitas séries que já começavam a ser tornar consagradas (como as séries Mega Man, Castlevania, Contra, etc) que só poderiam ser jogadas no NES.

 

A necessidade de um mascote que superasse Mario

Vendo que não havia como disputar com o NES, a SEGA resolveu então apostar em um novo console, que seria bem superior ao da concorrente. No quarto trimestre de 1989 o mundo então conhecia o Mega Drive, o primeiro console doméstico de 16 bits. Com seu novo console, a SEGA conseguiu enfraquecer de forma considerável a antes soberana Nitendo, mas no final do mesmo ano seria lançado o Super NES junto do excelente jogo Super Mario World. A Nintendo então voltava com força total para travar mais uma “briga” das boas. Para superar Mario era necessário que a SEGA criasse um mascote de peso para o Mega Drive. E ela conseguiu isso, com a criação do, hoje, ouriço mais famoso do planeta: Sonic.

s1.png

E nasce o ouriço mais famoso do mundo!

Lançado em 1991, Sonic foi um jogo inquestionavelmente revolucionário! Seu protagonista era até então o personagem mais rápido já criado para um jogo de ação, algo que encantou e surpreendeu a todos na época! A SEGA conseguiu de forma brilhante criar um personagem que brigava de igual para igual com o encanador barrigudo da Nitendo, sendo que para muitos gamemaníacos Sonic é melhor que Mario.

História

A história do jogo é a seguinte: Sonic é um ouriço que vivia tranquilamente, até que um dia um lunático cientista chamado Robotinik transformou seus amigos da floresta em maldosos robôs. Sonic, claro, não iria ficar parado: com seus espinhos e velocidade supersônica, ele sairia em uma grande jornada na busca de salvar seus amigos e vencer Robotinik, já que o mesmo desejava dominar o mundo com o uso das Esmeraldas do Caos.

s2.png

Gráficos

Graficamente Sonic é perfeito! Naoto Oshima, que foi o designer dos personagens do jogo, fez um trabalho excelente! Realmente os desenhos dos personagens estão ótimos, e muitas das vezes a sensação é de se estar controlando um desenho animado! Os gráficos dos cenários das várias fases do jogo são muito bem elaborados e detalhados também. Falando nos cenários, eles são bem variados. A aventura de Sonic passa pelos mais diversos tipos de territórios, como florestas, rios de lava, cavernas e até cidades futurísticas.

Trilha Sonora e Efeitos Sonoros

Musicalmente Sonic também é excepcional! A trilha sonora, composta por Masato Nakamura, é de uma qualidade absurda, com temas variados, que passam para o jogador todas as emoções do jogo de maneira perfeita! Temas alegres contrastam com temas mais lentos e outros já mais agitados… realmente um trabalho ótimo! Nakamura é integrante da famosa (no Japão) banda “Dreams Come True”, e foi uma escolha certa para o projeto, visto que incialmente os produtores pretendiam deixar a questão das músicas do jogo nas mãos de alguém que já fizesse parte do time da SEGA. Sem Nakamura talvez as trilhas de Sonic não seriam tão brilhantes! Os efeitos sonoros de Sonic são também de ótima qualidade e bem variados, sendo que muitos deles acabariam se tornando clássicos na série, sendo re-utilizados em vários dos jogos posteriores em que Sonic seria novamente o protagonista.

Jogabilidade

A jogabilidade é simples, funcional, revolucionária e perfeita ao mesmo tempo! Sonic pode atingir um grande velocidade ao correr, e para atacar seus inimigos com rapidez basta pular sobre eles e atingí-los com seus afiados espinhos. É interessante notar que o jogo respeita quase de forma perfeita as leis da física: há dificuldade em subir ladeiras, “loops” de 360 graus só são completados se o jogador atingir uma certa velocidade, e Sonic é “freado” e tem dificuldade de pular dentro d’água. É uma realidade virtual bem próxima da real!

Dificuldade

A dificulade de Sonic é crescente, com fases e estágios que vão ficando mais desafiantes a medida que se prossegue no jogo, bem como os chefes de fase, que são sempre o cientista Robotinik dentro de alguma nave ou “engenhoca” criada por ele.  Ao longo dos estágios, há argolas douradas que devem ser recolhidas por Sonic. Tendo pelo menos uma argola, Sonic não morre ao ser atingido por um inimigo, apenas perde aquela argola, que ainda pode ser recuperada. Ficando sem nenhuma argola, Sonic está completamente vulnerável, e pode morrer com um mero esbarrão em um inimigo, contudo. A cada 100 argolas recolhidas e acumuladas, ganha-se uma vida extra, e estando com pelo menos 50 argolas no final de um estágio, o jogador pode visitar uma fase especial para tentar recupar uma das Esmeraldas do Caos. Essas fases especiais são semelhantes as máquinas de Pinball, e são bem difíceis.

Para facilitar a vida dos jogadores há monitores diversos pelos estágios, que dão desde uma certa quantidade de argolas, até poderes especiais para Sonic, podendo deixá-lo com super-hyper-ultra velocidade ou ainda invencível temporariamante. Há ainda alguns “postes”, que servem de “check points”, no qual o jogador pode recomeçar de um certo ponto já salvo de uma estágio, caso venha a morrer.

s5.png

Conclusão

Em suma: Sonic é um dos melhores jogos de ação já criados! Divertido, revolucionário, cativante e extremamente viciante, este foi sem dúvida a grande jogada de mestre da SEGA em toda a sua história. Em 1992, Sonic era de maneira surpreendente mais reconhecido entre as crianças de seis a onze anos do que o mundialmente popular Mickey Mouse da Disney! De um jogo revolucionário, Sonic se tornou uma série de sucesso e uma das franquias mais rentáveis e populares no mundo dos games! Todos os jogos da série já venderam mais de 44 milhões de cópias pelo mundo afora, e novos jogos com o ouriço super sônico continuam sendo criados atualmente. Hoje em dia a briga com Mario já é praticamene inexistente (recentemente foi até lançado um jogo onde os dois personagens são os protagonistas, mesmo que ainda continuem travando “batalhas” entre si), visto que até mesmo jogos do mascote da SEGA foram, e continuam sendo criados para os mais variados consoles de sua antes arqui-inimiga Nitendo. Mas isso não apaga que Sonic foi, e para muitos ainda é, sem dúvida, o maior rival que Mario já conheceu!

Análise escrita por: André Breder Rodrigues