Informações Gerais

Retrobits - Análise - Pokémon - www.retrobits.com.brAno de lançamento: 1996
Console: Game Boy
Fabricante: Game Freak
Gênero: RPG
Número de jogadores: 1 ou 2 (Via cabo game link)

A estratégia

Quem nunca ouviu falar de Pokémon? Provavelmente você deve ouvir falar de Pokémon hoje em dia e já pensar “Ah não! Mais pokémons!”.

Muitos devem pensar que a série se trata de um desenho que virou jogo e depois virou tudo que pudesse ser vendido. Ledo engano, ou melhor.. engano parcial! Pokémon é a criação do programador japonês Satoshi Tajiri e seu amigo, o desenhista e designer Ken Sugimori e serviu como meio de divulgação para que brinquedos e tudo mais pudessem ser vendidos. O sucesso foi tão grande que na seqüência um mangá foi escrito e um anime produziu logo depois.

Gotta catch’em all!

Retrobits - Análise - Pokémon- www.retrobits.com.brA série foi lançada em fevereiro de 1996 no Japão com os jogos Pokémon Red e Pokémon Green para o pequeno (para a época) notável da Nintendo, o Game Boy, e meses depois nos EUA com a versão Red e Blue (a versão Green ficou só pelo Japão mesmo).

A primeira geração do jogo (Red, Green, Blue e Yellow) nos apresentava 151 pokémons diferentes que poderiam ser coletados mas com um pequeno porém, alguns Pokémon só apareciam em um versão do jogo, fazendo com que o usuário trocasse de pokémons com amigos através do cabo game link do Game Boy. Lembrando mais uma vez que a versão Green é exclusiva do Japão e a Blue é exclusiva para o restante do mundo. Já a versão Yellow era mais de acordo com o Anime e tinha o simpático Pikachu como Pokémon principal e andava sempre acompanhado o personagem.

História

Retrobits - Análise - Pokémon- www.retrobits.com.brVocê começa na cidade de Palletno continente de Kanto e pode escolher entre um Charmander, Bulbasaur ou um Squirtle, recebido do Professor Carvalho, um cientista que estuda os Pokémon e entrega a novos treinadores um de seus Pokémon. Após essa escolha você só conseguirá os outros dois pokémons através de trocas. O gande lance é ser o melhor treinador de Kanto. Para isso você deverá treinar seus Pokémons, derrotar líderes de ginásio para ganhar Insígnias e enfrentar a Elite dos 4.

Como todo bom game você tem um rival de infância, o neto Prof. Carvalho que entre um evento importante e outro aparecerá para medir forças contra você em alguns lugares para testar os Pokémon (Essa é uma boa hora para dar uma surra nos pokémons dele, ganhar uma Exp. bacana e uma graninha).

A medida que você vai viajando por Kanto e ganhando Insígnias de Ginásio, você também conhecerá a Equipe Rocket que não tem boas intenções com os Pokémon. O líder da equipe, Giovanni, pretende usar o DNA dos Pokémon para criar monstrinhos superpoderosos.

Após a conquista da última Insígnia, o jogador tem o direito de atravessar uma caverna conhecida como Victory Road e desafiar uma equipe muito forte chamada Elite dos 4 e acaba encontrando seu rival na posição mais importante: a de Campeão da Liga. Após sua derrota, termina a história do jogo. Mesmo assim, ainda há uma coisa a fazer: completar a Pokédex.

Jogabilidade

Retrobits - Análise - Pokémon- www.retrobits.com.brPokémon é um RPG em 3ª pessoa com batalhas randômicas (quando se está na grama, água ou dentro de um caverna) baseadas em turnos. Você nunca cairá na porrada diretamente mas em compensação seus pokémons vão dar um duro danado recebendo as suas ordens! Casos toda a sua equipe de pokémons perca você será automaticamente levado para o último Poké Center.

No decorrer da aventura você encontrará novos itens, vários pokémon e muito mais!

Gráficos

Para um jogo de Game Boy, pretensioso como Pokémon, os gráficos são ótimos e cumprem seu papel com maestria. Cada pokémon tem um sprite de frente e costas e uma miniatura de tipo que é apresentada na Pokédex. Os cenários são bem diversificados e as texturas muito bem feitas. Sem falar também na diversidade de treinadores que você encontrará no decorrer da aventura!

Efeitos e Trilha Sonora

Essa é uma parte que muitos não esperam muita coisa para um jogo do Game Boy mas a trilha sonora é bem legal e agradável. Os efeitos não são nada de outro mundo mas cumprem bem o seu papel sem deixar o game pobre.

Dificuldade

A primeira geração do título é realmente bem fácil pois no final das contas é tudo uma questão de saber montar uma equipe forte e ter paciência para treina-la bastante! Você encontrará alguns puzzles a serem solucionadas mas não é nada que chegue a ser irritante.

Apesar de fácil o game tem um grande fator para deixá-lo extenso que é o fato de completar a Pokédex e deixar os pokémons fortões!

Conclusão

Prós

  • 151 Pokémons a serem coletados
  • É viciante
  • Ótimo para passar o tempo

Contras

  • Ou você compra pilhas recarregáveis ou vai a falência (Caso esteja jogando no próprio portátil
  • É viciante
  • Só existe um slot de save, cuidado ao deixar alguém jogar!!!

Resumindo

Se você gosta de RPGs e video games portáteis, Pokémon é uma ótima pedida! Você terá um longo caminho até chegar ao topo do ranking de melhor treinador e ainda poderá fazer a grande side quest que é pegar todos os bichinhos!

Se você tem algum preconceito pela adoração da série pelos “fãnaticos” ou ainda pelo hype que precede cada novo game, deixe esse preconceito de lado e tente jogar um pouco para passar o tempo e você verá como esse joguinho pode te surpreender… e viciar!